Hiperpersonalização e inteligência de dados para aumentar as vendas

A tecnologia viabilizou uma transformação sem precedentes no relacionamento entre empresas e consumidores. Neste cenário, a inteligência de dados tem um papel central em todas as mudanças que já se concretizaram e as que estão por vir.

Por meio da inteligência de dados, as empresas são capazes de coletar e processar informações dos clientes. Com isso, é possível personalizar a experiência de compra, aumentando a satisfação do cliente e resultando em mais vendas.

Atualmente, entretanto, a capacidade de processamento se tornou tão grande que as empresas precisam se atentar a um novo processo: a hiperpersonalização. Mas o que isso significa? Continue a leitura e saiba mais a seguir!

Leia tambémComo o comportamento de compra do consumidor influencia nas vendas?

O que é hiperpersonalização?

A hiperpersonalização consiste em proporcionar um atendimento altamente direcionado, envolvente e único para o cliente. Tudo a partir das informações levantadas por intermédio da inteligência de dados.

Com isso, é possível usar o conhecimento da marca sobre o cliente e as ferramentas apropriadas de comunicação e processamento para atingir tal nível de hiperpersonalização.

Então, com os meios adequados, a marca consegue desenvolver um atendimento totalmente personalizado às necessidades do consumidor. Veja os principais benefícios:

  • Identificar o canal de preferência do consumidor;
  • Utilizar a linguagem mais apropriada às características do cliente;
  • Demonstrar como o produto ou serviço pode auxiliá-lo na resolução dos problemas.

Mas a hiperpersonalização não deve parar por aí. A estratégia continua no pós-venda, ao oferecer um suporte diferenciado e capaz de manter o cliente ativo. Esta é uma forma de construir um relacionamento com o cliente favorável à retenção e fidelização.

Qual a importância da inteligência de dados na satisfação do cliente?

Todo o processo de hiperpersonalização só é viável se a empresa investir em inteligência de dados e estratégias para o uso das informações. Atualmente, os recursos disponíveis já propiciam a hiperpersonalização.

Afinal, as empresas são capazes de coletar informações dos clientes em todas as etapas da jornada de compra, desde o contato inicial até o pós-venda.

Tais dados são importantes para melhorar a qualidade do atendimento e relacionamento e torná-los mais eficientes. Inclusive, é possível analisar as particularidades de cada cliente, resultando na personalização esperada.

Leia também3 dicas para otimizar a jornada do cliente com comunicação omnichannel

Hiperpersonalização x Comportamento dos clientes

Os novos comportamentos e tendências já fazem com que a personalização seja uma expectativa do cliente. O consumidor quer que a empresa seja capaz de identificar as suas preferências para fazer abordagens mais assertivas. Além disso, espera recomendações mais apropriadas aos seus interesses.

Dessa forma, a falta de personalização provoca abordagens inadequadas, prejudica a experiência e gera insatisfação do consumidor. O que traz prejuízos para os resultados do negócio.

Como o omnichannel ajuda na hiperpersonalização e satisfação do cliente?

comunicação omnichannel também é importante para realizar atendimentos hiperpersonalizados e proporcionar a satisfação do cliente. Mas como funciona esta estratégia?

O omnichannel consiste na integração dos diferentes canais de atendimento oferecidos pela empresa e fornece uma experiência fluida entre eles. Desta forma, o cliente pode iniciar um contato com a marca por um canal e continuar a conversa por outro canal sem prejuízos à experiência.

Além disso, a inteligência de dados, utilizada no omnichannel, facilita a identificação do canal de preferência do consumidor. Isso ajuda a aumentar a personalização, a satisfação do cliente e as vendas.

OlosChannel é a plataforma omnichannel da Olos, que usa a inteligência de dados para melhorar a experiência do cliente. Assim, é possível identificar, a partir do histórico, qual o melhor canal para abordar o cliente.

A ferramenta também permite integrar soluções e utilizar canais de atendimento automatizados, como chatbot e agentes digitais. Esses recursos também utilizam inteligência de dados para se aperfeiçoar e proporcionar o melhor atendimento possível.

Para saber como funciona na prática, acesse nosso site e agende uma visita demonstrativa.

Baixe agora o nosso e-book e saiba como mapear a jornada de compra do cliente, interagindo com o cliente no momento certo!

Deixe uma resposta